quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Um novo começo... 2011

No novo tempo, apesar dos castigos
Estamos crescidos, estamos atentos, estamos mais vivos
Pra nos socorrer, pra nos socorrer, pra nos socorrer
No novo tempo, apesar dos perigos
Da força mais bruta, da noite que assusta, estamos na luta
Pra sobreviver, pra sobreviver, pra sobreviver
Pra que nossa esperança seja mais que a vingança
Seja sempre um caminho que se deixa de herança
No novo tempo, apesar dos castigos
De toda fadiga, de toda injustiça, estamos na briga
Pra nos socorrer, pra nos socorrer, pra nos socorrer
No novo tempo, apesar dos perigos
De todos os pecados, de todos enganos, estamos marcados
Pra sobreviver, pra sobreviver, pra sobreviver
No novo tempo, apesar dos castigos
Estamos em cena, estamos nas ruas, quebrando as algemas
Pra nos socorrer, pra nos socorrer, pra nos socorrer
No novo tempo, apesar dos perigos
A gente se encontra cantando na praça, fazendo pirraça.





Queridos amigos deixo essa musica como reflexão pra o ano que se encerra e para o novo ano que se inicia. Que estejamos todos unidos para um mundo melhor, que tenhamos força o suficiente para trabalhar, alcançar nossos ideais. Que a paz esteja nos nossos corações, que a alegria se espalhe por onde estivermos, que o amor construa novos laços de amizade, que a perseverança nos acompanhe e que os problemas que irão surgir sirva de experiência e de crescimento e o mais importante que DEUS abençoe cada um de vcs e suas familias.




quarta-feira, 29 de dezembro de 2010


Os grandes amores são assim mesmo, eles nos dão o caminho da emoção, mas os sentimentos de verdade são apenas nossos, ninguém copia, ninguém leva, ninguém divide..."

domingo, 26 de dezembro de 2010


Tomara
Que você volte depressa
Que você não se despeça
Nunca mais do meu carinho
E chore, se arrependa
E pense muito
Que é melhor se sofrer junto
Que viver feliz sozinho

Tomara
Que a tristeza te convença
Que a saudade não compensa
E que a ausência não dá paz
E o verdadeiro amor de quem se ama
Tece a mesma antiga trama
Que não se desfaz

E a coisa mais divina
Que há no mundo
É viver cada segundo
Como nunca mais...

[Vinícius de Morais]

Dedico este lindo poema à minha amada amiga, dona deste lindo blog, cheio de muitos sentimentos e carinho!
Quero muito que não se esqueça que a vida, apesar de dura, é muito bela, que você tem pessoas que te amam de verdade, como sua família e amigos sinceros, como eu (rsrs).
Mas acima de todos nós e o que na verdade mais importa, é o amor de Deus. E esse é infinito! Jamais te deixará e nunca te decepcionará!
Um grande abraço amiga, que seu caminho seja iluminado a cada dia.
Que 2011 traga coisas melhores do que foi em 2010 para você!
Te amo muito, muito!!

Beijos <3



domingo, 19 de dezembro de 2010


Saudade é não saber. Não saber o que fazer com os dias que ficaram mais compridos, não saber como encontrar tarefas que lhe cessem o pensamento, não saber como frear as lágrimas diante de uma música, não saber como vencer a dor de um silêncio que nada preenche.

Saudade é não querer saber. Não querer saber se ele está com outra, se ela está feliz, se ele está mais magro, se ela está mais bela. Saudade é nunca mais querer saber de quem se ama, e ainda assim, doer.

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Porque eu sou feita pro amor da cabeça aos pés
E não faço outra coisa do que me doar
Se causei alguma dor não foi por querer
Nunca tive a intenção de te machucar

Ana Carolina



Sabe aqueles dias que tudo dói, pois é hoje é um deles.
Tô com o coração tão dolorido, uma saudade tão grande, mais preciso me mostrar forte e camuflar o que está se passando aqui dentro. Tenho tido noites tão solitárias, tenho sentido seu cheiro e sonhado contigo... mais não posso, não devo e não vou voltar atrás, não dessa vez!
Sei que nada vai ser como foi um dia, e que tudo estará para sempre em nossas memórias. Fomos com vontade de ficar, e deve ser isso que mais me confunde e me deixa louca aqui.
Espero que no fim desse lindo espetáculo tenhamos forças para criar outros, cada vez mais belos, mais empolgantes, divertidos,verdadeiros, porém com personagens diferentes...
E que Deus cuide de nós, nos dando o que for melhor e que possamos tirar aprendizado de tudo...
Sei que ainda vai doer bastante, principalmente nos dias frios, mais um dia tudo passa.

Pensamentos meus.





A linda ROSA perdeu o CRAVO.

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010


Há pessoas que nos falam e nem as escutamos, há pessoas que nos ferem e nem cicatrizes deixam mas há pessoas que simplesmente aparecem em nossas vidas e nos marcam para sempre.

Cecília Meireles

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010


Amor só eu sei, como te amei e ainda te amo. ♪

Ps. mais nem tudo são flores...

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010


...Você não sabe, mais é que eu tenho cicatrizes que a vida fez e tenho medo de fazer planos de tentar e sofrer outra vez...

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Deus, cuida de mim. Pois em ti eu confio...

domingo, 5 de dezembro de 2010

DESAFIO DO SETE

7 coisas que pretendo fazer antes de morrer:
1- Ter minha casa própria.
2- Ter filhos
3- Carreira profissional.
4-Ter um carro
5- Viajar muito...
6-Aprender a dirigir.
7- ser muito feliz!

7 coisas que mais digo:
1-AFF!
2- Que baixaria...
3- Obrigada!
4-Deus É mais!
5- Que luxo
6- como assim?
7- Tchau!

7 coisas que faço bem:
1- dormir
2- falar ao celular
3- malhar
4- pensar muito...
5- ouvir música.
6- se divertir.
7- gastar dinheiro.

7 defeitos:
1- teimosa
2- desconfiada
3- ansiosa
4- estressada.
5- bangunceira.
6- preguiçosa
7- chata.

7 coisas que mais amo:
1- Deus
2- meus pais e família
3- amigos
4- praia
5- internet
6- doces em geral
7- diversão.

7 qualidades:
1- divertida.
2- meiga
3- comunicativa
4- estudiosa
5- generosa
6- educada
7- amiga.

sábado, 4 de dezembro de 2010

É VC!


É meu pecado,meu menino.Meu ninho,meu lugar confuso.Não questionei se aquilo pudesse ser o melhor pra minha vida,porque todas as escolhas "certas" que havia feito,na verdade,sempre foram mortas.Eu precisava era de algo que me reacendesse.Que desencontrasse do que eu já havia sido.E tudo assim mudou: por ele arrisquei,me revirei ao avesso,delirei de amor,suportei o ódio,engoli o tédio, perdoei, sonhei,sonhei...Nele está o poço que chorei e o jardim que sorri.Ele me rouba,sem sentir,e eu só queria sê-lo também,com o mesmo poder que ele tem; a qual fere e depois contém,com uma facilidade que me perturba.Tenho renascido todas as manhãs,com uma força sobrenatural,que de certo deva existir sobre as almas que amam e sofrem; que se desintegram instintivamente só para ter teu amor por inteiro,egoísta e louco.E se é que inteiro exista,continuo juntando (meus,nossos) planos,nessa guerra desenfreada de sentimentos,onde tormentas se repetem, por uma sede,so sad,de querer ser a única razão da vida dele.E porque acredito,ainda insisto pertencer.


Patty Vicensotti

domingo, 28 de novembro de 2010


Sou um coração batendo no mundo

Terei toda a aparência de quem falhou, e só eu saberei se foi a falha necessária.

O que importa afinal, viver ou saber que se está vivendo?



"Hoje eu acordei numa casa diferente, num quarto diferente, sem nenhuma muleta, sem nenhuma maquiagem, meus amigos estão ocupados, meus pais não podem sofrer por mim. Hoje eu acordei sem nada no estômago, sem nada no coração, sem ter para onde correr, sem colo, sem peito, sem ter onde encostar, sem ter quem culpar. Hoje eu acordei sem ter quem amar, mas aí eu olhei no espelho e vi, pela primeira vez na vida, a única pessoa que pode realmente me fazer feliz"


quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Quero sim


Eu tô com saudade
Da nossa amizade
Do tempo em que a gente
Amava se ver
Eu não sou palavra
Eu não sou poema
Sou humana pequena
A se arrepender
às vezes sou dia
às vezes sou nada
Hoje lágrima caida
Choro pela madrugada
às vezes sou fada
às vezes faisca
tô ligada na tomada
Numa noite mal dormida

Se o teu amor for frágil e não resistir
E essa magoa então ficar eternamente aqui
tô de volta a imensidão de um mar
Que é feito de silêncio
Se os teus olhos não refletem mais o nosso amor
E a saudade me seguir pra sempre aonde eu for
Fica claro que tentei lutar por esse sentimento

Diga sim ouça o som
Prove o sabor que tem o meu amor
Cola em mim a tua cor
Eu te quero sim sem dor
Diga sim ouça o som
Prove o sabor que tem o meu amor
Cola em mim a tua cor
Eu te quero sim sem dor

Paula Fernandes

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Afinal, quem somos nós?


Pior do que se sentir perdida é perder-se em si mesmo. No emaranhado do que você acredita misturado ao que você é ou era. O que você acredita, apostando corrida com o que você mais detesta. O que você tem, jogando palitinhos com o que você quer. Seu amor e suas dores na linha de chegada e o coração de juiz em dia de clássico.
Eu não sei se você entende o raciocínio de quem não tem raciocinado ultimamente ou se entende o porquê de certas coisas que não se explicam.
Quando a cabeça não pensa o corpo padece. Mas quando a cabeça pensa demais será que nossa alma enriquece?
Você cheio de indagações e de táticas que não fazem o menor sentido. (pelo menos para você ou pelo menos naquele momento).
Suas certezas mudam, suas prioridades deixam de ser prioridades já que você nem sabe mais o que deseja. Até sabe, mas está tão longe e você tão cansado que o mais fácil é deixar que as prioridades te encontrem e você pode fugir do que não interessa. Seus princípios enfraquecidos te cobram uma atitude e você cobra a coragem.
Seus olhos pesam e seu coração já bate fraco. De tanto que bateu a vida inteira. De tanto chorar amor e fracassos. De tanto chorar pelo leite derramado você decide que se entender é complicado demais. O quente queima e o frio é gelado demais, vai o morno mesmo que não causa sensação alguma e no momento você não tem sequer condições de sentir algo. Sentir dá trabalho e trabalho acarreta uma série de responsabilidades. Responsabilidade é chato demais e não aquece seus pés nos dias frios.
Você enfim, opta por decidir somente pelo necessário. Pelo que realmente vai fazer alguma diferença em sua vida e desiste de tentar equilibrar-se, isso é para artista circense e você nem gosta tanto de circo. Melhor deixar assim.
Uma porta de saída e uma de entrada. O que vale fica e o que não vale que valesse. Nada de culpa ou de noites mal dormidas, nada de coração na boca em de frio na barriga.
Certas coisas não se explicam. Não existem palavras que as descrevam ou soluções que as resolva . Sentimentos, gestos, sonhos e sorrisos. A alma entende e a boca cala.

Fernanda Mello

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Dar não é Fazer Amo



Dar é dar.
Fazer amor é lindo,
é sublime,
é encantador,
é esplêndido,
mas dar é bom pra cacete.

Dar é aquela coisa
que alguém te puxa os cabelos da nuca,
te chama de nomes que eu não escreveria,
não te vira com delicadeza,
não sente vergonha de ritmos animais.

Dar é bom.
Melhor do que dar, só dar por dar.

Dar sem querer casar,
sem querer apresentar pra mãe,
sem querer dar o primeiro abraço no Ano Novo.

Dar porque
o cara te esquenta a coluna vertebral,
te amolece o gingado, te molha o instinto.

Dar porque
a vida de uma publicitária em começo de carreira
é estressante, e dar relaxa.

Dar porque
se você não der para ele hoje,
vai dar amanhã, ou depois de amanhã.

Dar sem esperar ouvir promessas,
sem esperar ouvir carinhos,
sem esperar ouvir futuro.

Dar é bom, na hora.
Durante um mês.
Para as mais desavisadas, talvez anos.
Mas dar é dar demais e ficar vazia.

Dar é não ganhar.
É não ganhar
um eu te amo baixinho perdido no meio do escuro.
É não ganhar uma mão no ombro
quando o caos da cidade parece querer te abduzir.
É não ter alguém pra querer casar,
para apresentar pra mãe,
pra dar o primeiro abraço de Ano Novo e pra falar:
"Que cê acha amor?".

Dar é inevitável,
dê mesmo, dê sempre, dê muito.
Mas dê mais ainda,
muito mais do que qualquer coisa,
uma chance ao amor, esse sim é o maior tesão.
Esse sim relaxa,
cura o mau humor,
ameniza todas as crises e faz você flutuar
o suficiente pra nem perceber as catarradas na rua.

Se você for chata, suas amigas perdoam.
Se você for brava, suas amigas perdoam.
Até se você for magra, as suas amigas perdoam.
Mas... experimente ser amada."
2007/05/07 enviada por WebMaster

Autoria de Luís Fernando Veríssimo

domingo, 24 de outubro de 2010

Você


Há pessoas que nos falam e nem as escutamos, há pessoas que nos ferem e nem cicatrizes deixam mas há pessoas que simplesmente aparecem em nossas vidas e nos marcam para sempre.

Cecília Meireles

SAUDADES


A maioria pensa com a sensibilidade, eu sinto com o pensamento. Para o homem vulgar, sentir é viver e pensar é saber viver. Para mim, pensar é viver e sentir não é mais que o alimento de pensar.



Quanto tempo que não venho aqui né? Sem tempo, só isso, mais cuidem dele pra mim viu.

domingo, 10 de outubro de 2010


...Uma noite longa
Pra uma vida curta
Mas já não me importa
Basta poder te ajudar
E são tantas marcas
Que já fazem parte
Do que eu sou agora
Mas ainda sei me vira...


Paralamas do sucesso

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Faz parte!


Impossível atravessar a vida sem que um trabalho saia mal feito, sem que uma amizade cause decepção, sem padecer com alguma doença. Impossível atravessar a vida sem que um amor nos abandone, sem perder um ente querido, sem se enganar em um negócio. Esse é o custo de viver. O importante não é o que acontece, mas, como você reage. Você cresce quando não perde a esperança, nem diminui a vontade, nem perde a fé. Quando aceita a realidade e tem orgulho de vivê-la. Você cresce... Quando aceita seu destino, e mesmo assim, tem garra para mudá-lo. Quando aceita o que ficou para trás, construindo o que tem pela frente e planejando o que está por vir. Cresce quando se supera, se valoriza e sabe dar frutos. Cresce quando abre caminho, assimila experiências. E semeia raízes. Cresce quando se impõe metas sem se importar com comentários, nem julgamentos. Cresce quando dá exemplos, sem se importar com o desdém, quando você cumpre com seu trabalho. Cresce quando é forte de caráter, sustentado por sua formação, sensível por temperamento e humano por natureza! Cresce quando enfrenta o inverno mesmo que perca as folhas, cresce quando colhe flores mesmo que tenham espinhos. Cresce quando marca o caminho mesmo que se levante o pó. Cresce quando é capaz de lidar com resíduos de ilusões, cresce quando é capaz de perfumar-se com flores... E elevar-se por amor! Cresce ajudando a seus semelhantes, conhecendo a si mesmo e dando à vida mais do que recebe. E assim se cresce…!
Autor Desconhecido
Selinho que ganheiii da Bell. Obrigada amoree...

segunda-feira, 4 de outubro de 2010


Seu coração disse pra sua cabeça, vá, e sua cabeça disse pra sua coragem, vou, e sua coragem respondeu, vou nada, mas sua boca não ouviu e beijou.

Adriana Falcão

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Durante a nossa vida:









Conhecemos pessoas que vem e que ficam,
Outras que, vem e passam.
Existem aquelas que,
Vem, ficam e depois de algum tempo se vão.
Mas existem aquelas que vem e se vão com uma enorme vontade de ficar...

Charles Chaplin

domingo, 26 de setembro de 2010

Eu não sei Amar...


Vou fugir. Vou desistir. Não sei ficar nas mãos de alguém. Sou estranha mesmo, nunca escondi. Quando você achar que estou feliz, estarei me magoando aos poucos. A verdade é que eu não sei ser feliz. E sou orgulhosa e teimosa e impaciente demais para aprender. Eu só sei viver amores que não dão certo. Se você soubesse o que as palavras significam para mim. Pra mim é tudo muito grave. Sou uma desesperada. O que você diz brincando, ou que acha que eu nem prestei atenção, é justamente o que eu nunca vou esquecer. Minha sensibilidade e minha memória são meus piores castigos. Eu sempre vou querer mais. Meu amor é como uma raiz estrangulante. Minha carência não tem fim. Você sabe que eu odeio domingos, e eu odeio me sentir sozinha, principalmente quando o céu já está dessa cor. Dói, e dói muito. Você chega invadindo minha solidão, entrando na minha vida, fazendo eu acreditar que o amor é bom. Mas vai embora enquanto o que eu mais queria era que você ficasse. Você vai embora e me deixa com fome, com sede, incompleta, confusa, despedaçada. Com raiva por ser dependente. Não gosto de me sentir assim. Eu não sei amar, entende? Eu sei é ficar esperando um amor que nunca chega. Não sei o que fazer com um amor real que vem, bagunça meus ordenado caos conhecido, e vai embora. Tenho vergonha de dizer que preciso de ti. Me despedi com um sorriso casual, como se não estivesse me importando. Mas virei as costas já com raiva de mim mesma, porque sei que meu amor é doentio. E tenho de escondê-lo como se fosse um vício, um defeito grave, um distúrbio alimentar. Se eu não tivesse conseguido me conter, teria me ajoelhado na tua frente, agarrado tuas pernas e entre lágrimas e soluços, teria dito "fica, fica. Fica comigo, por favor não vai embora agora, que tenho medo de ficar sozinha, porque quando fico sozinha num entardecer nublado e frio de domingo tenho vontade de desistir de tudo. Fica agora, eu estou pedindo. Só vai embora quando esse aperto no meu peito passar." Mas eu não disse, e você foi embora achando que eu fiquei bem. Você disse que tem medo de me perder. E você vai me perder. Porque eu não vou deixar você me conhecer direito. Porque não quero te mostrar a imensa cratera que trago aqui dentro. Que nem você nem ninguém vão conseguir preencher. Não sei amar, mas te amo. Mas sinto como se teu amor não me bastasse. A tua falta me faz mal. E entre pouco e nada, fico com aquilo que não dói tanto. Mas espera! Volta. Adivinha meus pensamentos destrutivos e volta. Me impede de desisitir. Vem e me sufoca com o teu amor, e não me deixa morrer assim, aos poucos, tão sozinha, nessa noite de domingo.
Renata Bezerra

sábado, 25 de setembro de 2010


Eu tenho medo de acreditar em você, de te desejar tanto tanto e acabar descobrindo que eu ainda tenho um coração e que ele ainda pode amar muito alguém. Não, eu digo a mim mesma, eu não vou me apaixonar e nem desejar saber tudo ao seu respeito, querer conhecer sua mãe e ser apresentada aos seus amigos.Você não sabe, mas quando eu chego em casa eu repasso cada palavra que você disse, cada gesto que você fez, cada beijo seu e me pergunto se vale mesmo a pena. Você é uma pessoa gentil, simpática e diz todas as coisas que deveria, pena que você não sabe que esse é seu maior problema.

- Tati B.

Como seria bom pudéssemos colocar a dor em um envelope e devolvê-lo ao remetente...




sexta-feira, 10 de setembro de 2010


Sumi porque só faço besteira em sua presença, fico mudo quando deveria verbalizar, digo um absurdo atrás do outro quando melhor seria silenciar, faço brincadeiras de mau gosto e sofro
antes, durante e depois de te encontrar.
Sumi porque não há futuro e isso não é o mais difícil de lidar, pior é não ter presente e o passado ser mais fluido que o ar.
Sumi porque não há o que se possa resgatar, meu sumiço é covarde mas atento, meio fajuto meio autêntico, sumi porque sumir é um jogo de paciência, ausentar-se é risco e sapiência,
pareço desinteressado, mas sumi para estar para sempre do seu lado, a saudade fará mais por nós dois que nosso amor e sua desajeitada e irrefletida permanência.

Martha Medeiros

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

O bom é viver...


O correr da vida embrulha tudo.
A vida é assim: esquenta e esfria,
aperta e daí afrouxa,
sossega e depois desinquieta.
O que ela quer da gente é coragem..

Guimarães Rosa

sábado, 4 de setembro de 2010

Um dia você aprende

Depois de algum tempo, você aprende a diferença, a sutil diferença, entre dar a mão e acorrentar uma alma. E você aprende que amar não significa apoiar-se, e que companhia nem sempre significa segurança. E começa a aprender que beijos não são contratos e presentes não são promessas. E começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança.

E aprende a construir todas as suas estradas no hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão. Depois de um tempo você aprende que o sol queima se ficar exposto por muito tempo. E aprende que não importa o quanto você se importe, algumas pessoas simplesmente não se importam... E aceita que não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai feri-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la, por isso. Aprende que falar pode aliviar dores emocionais.

Descobre que se levam anos para se construir confiança e apenas segundos para destruí-la, e que você pode fazer coisas em um instante das quais se arrependerá pelo resto da vida. Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias. E o que importa não é o que você tem na vida, mas quem você tem na vida. E que bons amigos são a família que nos permitiram escolher. Aprende que não temos que mudar de amigos se compreendemos que os amigos mudam, percebe que seu melhor amigo e você podem fazer qualquer coisa, ou nada, e terem bons momentos juntos.

Descobre que as pessoas com quem você mais se importa na vida são tomadas de você muito depressa, por isso sempre devemos deixar as pessoas que amamos com palavras amorosas, pode ser a última vez que as vejamos. Aprende que as circunstâncias e os ambientes tem influência sobre nós, mas nós somos responsáveis por nós mesmos. Começa a aprender que não se deve comparar com os outros, mas com o melhor que pode ser. Descobre que se leva muito tempo para se tornar a pessoa que quer ser, e que o tempo é curto. Aprende que não importa onde já chegou, mas onde está indo, mas se você não sabe para onde está indo, qualquer lugar serve. Aprende que, ou você controla seus atos ou eles o controlarão, e que ser flexível não significa ser fraco ou não ter personalidade, pois não importa quão delicada e frágil seja uma situação, sempre existem dois lados.

Aprende que heróis são pessoas que fizeram o que era necessário fazer, enfrentando as conseqüências. Aprende que paciência requer muita prática. Descobre que algumas vezes a pessoa que você espera que o chute quando você cai é uma das poucas que o ajudam a levantar-se.

Aprende que maturidade tem mais a ver com os tipos de experiência que se teve e o que você aprendeu com elas do que com quantos aniversários você celebrou. Aprende que há mais dos seus pais em você do que você supunha. Aprende que nunca se deve dizer a uma criança que sonhos são bobagens, poucas coisas são tão humilhantes e seria uma tragédia se ela acreditasse nisso.

Aprende que quando está com raiva tem o direito de estar com raiva, mas isso não te dá o direito de ser cruel. Descobre que só porque alguém não o ama do jeito que você quer que ame, não significa que esse alguém não o ama, contudo o que pode, pois existem pessoas que nos amam, mas simplesmente não sabem como demonstrar ou viver isso.
Aprende que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém, algumas vezes você tem que aprender a perdoar-se a si mesmo. Aprende que com a mesma severidade com que julga, você será em algum momento condenado. Aprende que não importa em quantos pedaços seu coração foi partido, o mundo não pára para que você o conserte. Aprende que o tempo não é algo que possa voltar para trás.

Portanto... plante seu jardim e decore sua alma, ao invés de esperar que alguém lhe traga flores. E você aprende que realmente pode suportar... que realmente é forte, e que pode ir muito mais longe depois de pensar que não se pode mais. E que realmente a vida tem valor e que você tem valor diante da vida!"


William Shakespeare

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

DESAFIO...


Falar de mim é um pouco complicado, imagine ser eu hein? Kkkkkkkkk, mais acho qui dei contaaa... Se divirtam


1) Apelido: Milly, Kal (entre outros)
2) Eu sou: Uma menina indecisa, cheia de sonhos, com força de vontade e fé.
3) Idade: 20 anos
4) Uma cor: Vermelho
5) Um esporte: Volei, Futebol ( não pratico mais adoro.)
6) Prato predileto: churrasco com feijão tropeiro, arroz e salada.
7) Bebida: Sucos
8) Uma fruta: Manga
9) Uma atriz: Claudia Raia
10) Um ator: Marcelo Antony
11) Uma banda: Chiclete com Banana e Jota Quest
12) Um cantor: Alexandre Pires
13) Uma cantora: Ana Carolina
14) Símbolo sexual: Malvino Salvador
15) Programa de tv: Nenhum
16) Tenho mania de: Ficar com a mão no cabelo
17) Tenho medo de: da solidão
18) Não suporto quando: Me julgam, quando mentem e me enganam.
19) Meu pior defeito é: Indecisão, Sinceridade
20) Minha melhor qualidade é: Sincera e amiga
21) Se eu fosse um animal, seria: Uma águia
22) Idade em que dei o 1º beijo: 12 anos
23) Idade em que tive a 1ª relação: depende que tipo de relação kkk
24) Na minha geladeira nunca pode faltar: Iogurte
25) Algo ruim: Desigualdade Social
26) Signo: Aquário
27) Amigos são: Jóias raras
28) Família é: Uma base, meu tudo
29) Deus: Minha fortaleza, quem cuida de mim.
30) Dinheiro é: Bom demais, necessário.
31) O melhor do brasil é: Diversidade cultural
32) O pior do brasil é: Falta de compromisso e de honestidade
33) Música: Falando sério (Claudia Leitte)
34) Filme: O amor pode dá certo
35) Livro: Senhora (adoro)
36) Você Por você: Alguem que busca ser sempre melhor, que erra muito, é chata mas ao mesmo tempo amiga, divertida e que deseja ser feliz antes de tudo.
37) Uma frase: "Há impossibilidade de ser além do que se é no entanto eu me ultrapasso mesmo sem o delírio,sou mais do que eu, quase normalmente tenho um corpo e tudo que eu fizer é continuação de meu começo... a única verdade é que vivo. Sinceramente, eu vivo. Quem sou? Bem, isso já é demais....""Suponho que me entender não é uma questão de inteligência, e sim de sentir...de entrar em contato..." Clarice Lispector



Passo esse desafio para as queridas colegas: Jessica (Vitalize-se), Adeline (Nada é por acaso), Sâmia (Coisas da vida).
Acredito no amor, apesar de o amor não acreditar em mim!

Brena Braz!

domingo, 29 de agosto de 2010


"Amar é sempre ser vulnerável. Ame qualquer coisa e certamente seu coração vai doer e talvez se partir. Se quiser ter a certeza de mantê-lo intacto, você não deve entregá-lo a ninguém, nem mesmo a um animal. Envolva-o cuidadosamente em seus hobbies e pequenos luxos, evite qualquer envolvimento, guarde o na segurança do esquife de seu egoísmo. Mas nesse esquife – seguro, sem movimento, sem ar - ele vai mudar. Ele não vai se partir – vai tornar-se indestrutível, impenetrável, irredimível. A alternativa a uma tragédia ou pelo menos ao risco de uma tragédia é a condenação."

C. W. Lewis

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Quem nunca fez isso?


Já escondi um AMOR com medo de perdê-lo, já perdi um AMOR por escondê-lo.
Já segurei nas mãos de alguém por medo, já tive tanto medo, ao ponto de nem sentir minhas mãos.

Já expulsei pessoas que amava de minha vida, já me arrependi por isso.

Já passei noites chorando até pegar no sono, já fui dormir tão feliz, ao ponto de nem conseguir fechar os olhos.
Já acreditei em amores perfeitos, já descobri que eles não existem.
Já amei pessoas que me decepcionaram, já decepcionei pessoas que me amaram.
Já passei horas na frente do espelho tentando descobrir quem sou, já tive tanta certeza de mim, ao ponto de querer sumir.
Já menti e me arrependi depois, já falei a verdade e também me arrependi.
Já fingi não dar importância às pessoas que amava, para mais tarde chorar quieta em meu canto.
Já sorri chorando lágrimas de tristeza, já chorei de tanto rir.
Já acreditei em pessoas que não valiam a pena, já deixei de acreditar nas que realmente valiam.
Já tive crises de riso quando não podia.
Já quebrei pratos, copos e vasos, de raiva.
Já senti muita falta de alguém, mas nunca lhe disse.
Já gritei quando deveria calar, já calei quando deveria gritar.
Muitas vezes deixei de falar o que penso para agradar uns, outras vezes falei o que não pensava para magoar outros.
Já fingi ser o que não sou para agradar uns, já fingi ser o que não sou para desagradar outros.
Já contei piadas e mais piadas sem graça, apenas para ver um amigo feliz.
Já inventei histórias com final feliz para dar esperança a quem precisava.
Já sonhei demais, ao ponto de confundir com a realidade... Já tive medo do escuro, hoje no escuro "me acho, me agacho, fico ali".
Já cai inúmeras vezes achando que não iria me reerguer, já me reergui inúmeras vezes achando que não cairia mais.
Já liguei para quem não queria apenas para não ligar para quem realmente queria.
Já corri atrás de um carro, por ele levar embora, quem eu amava.
Já chamei pela mamãe no meio da noite fugindo de um pesadelo. Mas ela não apareceu e foi um pesadelo maior ainda.
Já chamei pessoas próximas de "amigo" e descobri que não eram... Algumas pessoas nunca precisei chamar de nada e sempre foram e serão especiais para mim.
Não me dêem fórmulas certas, porque eu não espero acertar sempre.
Não me mostre o que esperam de mim, porque vou seguir meu coração!
Não me façam ser o que não sou, não me convidem a ser igual, porque sinceramente sou diferente!
Não sei amar pela metade, não sei viver de mentiras, não sei voar com os pés no chão.
Sou sempre eu mesma, mas com certeza não serei a mesma pra SEMPRE!

Gosto dos venenos mais lentos, das bebidas mais amargas, das drogas mais poderosas, das idéias mais insanas, dos pensamentos mais complexos, dos sentimentos mais fortes.
Tenho um apetite voraz e os delírios mais loucos.

Você pode até me empurrar de um penhasco q eu vou dizer:

- E daí? EU ADORO VOAR!

Clarice Lispector


Se eu amo você?... Está evidente que o amo e por isso mesmo preciso ir... Antes que você...descubra o quanto. (Ricardo G Denunes)

sábado, 14 de agosto de 2010


“Ela é uma moça de poses delicadas, sorrisos discretos e olhar misterioso.

Ela tem cara de menina mimada, um quê de esquisitice, uma sensibilidade de flor, um jeito encantado de ser, um toque de intuição e um tom de doçura.

Ela reflete lilás, um brilho de estrela, uma inquietude, uma solidão de artista e um ar sensato de cientista.

Ela é intensa e tem mania de sentir por completo, de amar por completo e de ser por completo.

Dentro dela tem um coração bobo, que é sempre capaz de amar e de acreditar outra vez.

Ela tem aquele gosto doce de menina romântica e aquele gosto ácido de mulher moderna.”

Tati Bernardi

quinta-feira, 5 de agosto de 2010


Fico tão cansada às vezes, e digo pra mim mesma que está errado, que não é assim, que não é este o tempo, que não é este o lugar, que não é esta a vida. E fumo, e fico horas sem pensar absolutamente nada: (...)
Claro, é preciso julgar a si próprio com o máximo de rigidez, mas não sei se você concorda, as coisas por natureza já são tão duras para mim que não me acho no direito de endurecê-las ainda mais."
"Mergulho no cheiro que não defino, você me embala dentro dos seus braços, você cobre com a boca meus ouvidos entupidos de buzinas, versos interrompidos, escapamentos abertos, tilintar de telefones, máquinas de escrever, ruídos eletrônicos, britadeiras de concreto, e você me beija e você me aperta e você me leva pra Creta, Mikonos, Rodes, Patmos, Delos, e você me aquieta repetindo que está tudo bem, tudo bem."
Caio F. Abreu

É sempre assim


"Menos pela cicatriz deixada, uma ferida antiga mede-se mais exatamente pela dor que provocou, e para sempre perdeu-se no momento em que cessou de doer, embora lateje louca nos dias de chuva".

CAIO F. ABREU

sábado, 31 de julho de 2010


Viver uma verdadeira experiência amorosa é um dos maiores prazeres da vida. Gostar é sentir com a alma, mas expressar os sentimentos depende das idéias de cada um. Condicionamos o amor às nossas necessidades neuróticas e acabamos com ele. Vivemos uma vida tentando fazer com que os outros se responsabilizem pelas nossas necessidades enquanto nós nos abandonamos irresponsavelmente.
Queremos ser amados e não nos amamos, queremos ser compreendidos e não nos compreendemos, queremos o apoio dos outros e damos o nosso a eles. Quando nos abandonamos, queremos achar alguém que venha a preencher o buraco que nós cavamos. A insatisfação, o vazio interior se transformam na busca contínua de novos relacionamentos, cujos resultados frustrantes se repetirão.
Cada um é o único responsável pelas suas próprias necessidades. Só quem se ama pode encontrar em sua vida Um Amor de Verdade

Zíbia Gasparetto

sábado, 24 de julho de 2010

Dormir sem você!

Eu sinto seu cheiro pela casa.
E a sua falta preenche esse vazio,
Te procurar é em vão.
Você não está em outro lugar se não meus pensamentos,
Meu coração.
Sem você não tenho o sono de quem velar
E não tenho porque tentar dormir,
Mas me falta o encaixe certo,
O peso exato da perna
O braço que abraça,
A mão pra segurar,
Me falta o compasso da respiração
O ar quente
Me faltam os beijos,
As lambidas.
Me falta você.
Dormir sem você é em vão.


Sonho de Icaro

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Sou Aquela ...


Sou aquela enganada, que diz que te esqueceu mas daria a vida por mais um beijo seu. Aquela perfeição, que tem mil defeitos. Aquela quieta, que adora conversar. Aquela vingativa, que te perdoa. Aquela malandra, que cai feito patinha. Aquela apaixonada, que ama com medo de se arrepender e ignora pra não sofrer mais. Aquela indecisa, que vai embora quando quer ficar. Aquela fácil de acreditar em promessas, que acredita nas suas palavras, mas não tem certeza. Aquela confiante, que confia no hoje e desconfia do ontem. Aquela só, que se sente sozinha quando há tantas pessoas ao seu lado. Aquela esperta, que entende quando precisa ser entendida. Aquela decidida, que de vez em quando volta atrás. Aquela cantora de chuveiro, que canta músicas pra tentar esquecer. Aquela corajosa, que tem medo. Aquela diferente, que não te vê do jeito que todos veêm e percebeu que o comum não a atrai. Aquela que sempre quer um começo, mas tem medo do fim.


Autor Desconhecido